sábado, 8 de março de 2008

Ufo's na Biblia



Em vários livros sagrados de diversas culturas são encontradas passagens que descrevem encontros de seres humanos com seres provenientes do espaço, que eram chamados de deuses, anjos e demônios e suas naves eram descritas como "carruagens de fogo", "espírito do senhor", "vimanas", etc. Existem muitos livros que foram banidos do Corpus bíblico por serem considerados apócrifos que citam contatos das divindades com o homem terrestre.
Vejamos agora algumas passagens:
• No capítulo 13 do Livro do Profeta Enoque, ele revela detalhes de uma viagem espacial vivenciada por ele, "estava eu envolto em nuvens e névoa espessa, contemplando com inquietude o movimento dos astros e os relâmpagos, enquanto que ventos favoráveis elevavam minhas asas e aceleravam meu curso... fui levado assim até o céu e rapidamente alcancei o muro construído com pedras de cristal. Chamas móveis envolviam seus contornos. Comecei a ser tomado pelo medo. Entrando, lancei-me ao meio das chamas... e entrei numa vasta morada, cujo piso também tinha sido construído com cristal, tanto quanto seus fundamentos". Aparentemente Enoque descreveu que foi levado para o interior de uma nave, onde o piso e as paredes eram muito iluminadas, parecendo serem de cristal.
• Numa passagem bíblica do capítulo 7, versículos 1 e 2, segundo o profeta Enoque podemos entender que seres vindo do espaço fertilizaram mulheres da Terra para dar origem à uma nova raça de gigantes. "200 anjos desceram e tiveram relações amorosas com as filhas da Terra que deram nascimento a gigantes". Fato este que foi comprovado com a descoberta de várias ossadas de seres humanos de estrutura gigantesca, e estes ainda passaram ensinamentos de astronomia para os filhos da Terra. "O anjo Barayal ensina a arte de observar estrelas, Tamiel ensina a astronomia e Azaradel ensina os movimentos da Lua".
• No capítulo 104 que relata o nascimento de Noé, seu pai Lameque foi procurar Matusalém, que era filho de Enoque para relatar o seguinte: "... pois Noé não se parecia em nada com as outras crianças da Terra. Sua pele era extremamente branca, como também seus cabelos. Seus olhos apresentavam um brilho incomum". Lameque disse a Matusalém que Noé não era um homem, e sim um anjo do céu "... com certeza não é de nossa espécie", concluiu. Será que Noé era fruto de uma experiência genética?
• No texto bíblico, Êxodo, o segundo livro de Moisés, no versículo 18 do capítulo 19, lemos claramente a descida no Monte Sinai de uma nave espacial. "Nisso todo o Monte Sinai fumegava, porque o Senhor descera sobre ele em fogo; e a fumaça subiu como a fumaça de uma fornalha e todo o monte tremia fortemente". Entendemos que uma nave espacial teria pousado sobre o Monte Sinai e apenas Moisés e Aarão tinham autorização para subir ao topo da montanha e falarem pessoalmente com a glória do Senhor.
• Outra passagem interessante no Êxodo se refere a uma nuvem luminosa que guiou o povo de Israel: "Então a nuvem cobriu a tenda da congregação, e a glória do Senhor encheu o tabernáculo. Moisés não podia entrar na tenda da congregação porque a nuvem permanecia sobre ela, e a glória do Senhor enchia o tabernáculo. Quando a nuvem se levantara de sobre o tabernáculo, os filhos de Israel caminhavam avante, em todas as suas jornadas; se a nuvem, porém, não se levantava, não caminhavam até o dia em que ela se levantava. De dia a nuvem do Senhor repousava sobre o tabernáculo, e de noite havia fogo nele, à vista de toda a casa de Israel, em todas as suas jornadas". Supomos que a "nuvem do Senhor" e a "glória do Senhor", seriam um termo dado ao objeto voador que os guiaram pelo deserto.
• Um dos relatos mais impressionante e detalhistas na Bíblia, sobre estes estranhos aparatos voadores avistados no passado, diz respeito ao descrito pelo profeta Ezequiel: "Aconteceu no trigésimo ano, no quinto dia do quarto mês, que, estando eu no meio dos exilados, junto ao Rio Quebar, se abriram os céus e eu tive visões de Deus... Olhei, e eis que um vento tempestuoso vinha do norte, e uma grande nuvem, com fogo a revolver-se; e esplendor ao redor dela, e no meio disto uma coisa como metal brilhante que saia do meio do fogo". A descrição de um objeto voador de forma metálica e brilhante é muito clara. Ezequiel descreveu os tripulantes do objeto da seguinte maneira: "...distinguia-se no centro a imagem de quatro seres que aparentavam possuir forma humana. Cada um tinha quatro rostos e quatro asas". O profeta também descreveu o trem de pouso daquele estranho objeto: "As plantas dos seus pés eram como as de um touro, e delas saiam faíscas, como se fossem cobre abrasado".
• Não é apenas no Antigo testamento que existem relatos desses estranhos objetos voadores, encontramos também algumas revelações no Novo Testamento, como por exemplo, a passagem relacionada à Estrela de Belém. Segundo a Bíblia, este objeto foi observado em movimento, para depois ficar parado sobre o local onde Jesus acabava de nascer, no segundo capítulo de Mateus, versículo 9, temos a seguinte narrativa: "depois de ouvirem o Rei, partiram e eis que a estrela que viram no Ocidente os precedia, até que chegando parou sobre onde estava o menino". Sabemos que Jesus nasceu sem que a sua mãe tivesse tido contato sexual, este fato nos faz pensar se o "Cristo" seria o produto de uma experiência genética, tendo em vista que a estrela de Belém, que era uma nave estilizada, esteve presente em seu nascimento, guiando os reis magos.
• No Evangelho de Mateus, capítulo 28, podemos ver que os prováveis progenitores de Jesus vieram buscá-lo após a sua crucificação: "No fim do Sábado, ao entrar o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro. E eis que houve um grande terremoto, pois um anjo do Senhor desceu do céu". Segundo São Mateus este anjo tinha o aspecto de relâmpago e sua roupa era branca como a neve, quando o anjo sentou-se sobre a pedra do Santo Sepulcro, os guardas tremeram de pavor e ficaram estáticos, e o anjo disse para as mulheres: "Não temais: porque sei que buscai a Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui: Ressuscitou, como havia dito".
• Talvez o próprio Cristo tenha declarado que ele se tratava de um ser do espaço, como está relatado no Evangelho de João, capítulo 8, versículo 23: "Vós sois cá de baixo, e eu sou lá de cima; vós sois deste mundo, e eu deste mundo não sou".
• No Segundo Livro Bíblico dos Reis, capítulo 2 está relatada a passagem que o profeta Elias é arrebatado ao céu: "Elias viaja com Eliseu, e eis que de repente surge um carro de fogo com cavalos de fogo, que os separam, e Elias subiu aos céus num turbilhão. Eliseu viu e exclamou: Meu Pai, meu Pai! Carro e cavalaria de Israel". Está claro que Elias foi abduzido por um OVNI, continuando "E o Senhor dirigiu a palavra ao profeta Jeremias, dizendo: Que estás vendo? Vejo, respondeu, uma caldeira fervente cujo vapor toma a direção do Aquilão". Esta passagem que está no primeiro capítulo do Livro de Jeremias podemos ver, a descrição do objeto, como uma caldeira fervente, ou seja, um objeto de formato discóide na totalidade vermelho fogo.
• Outra passagem do Livro Sagrado nos conta o contato de Jonas com um possível OSNI - Objeto Submarino Não Identificado: "Jonas, o profeta se pôs a caminho, resoluto a chegar a Társis, para fugir da face do Senhor. Desceu a Jope, onde encontrou um navio que partia para Társis; pagou a passagem e embarcou nele, para fugir da face do Senhor". Seria a face do Senhor um objeto que perseguia Jonas? Em determinado momento um vento furioso se fez formando uma grande tempestade, ameaçando a embarcação na qual Jonas viajava, a tripulação aterrorizada com medo que sua embarcação naufragasse, jogou Jonas ao mar. Por que a face do Senhor chegou a colocar a tripulação em perigo apenas para poder capturar Jonas? "E os marinheiros, pegando em Jonas, lançaram-no às ondas. Concomitantemente, o mar parou a sua fúria. Ao mesmo tempo, o Senhor fez com eu ali se encontrasse um grande peixe pronto para engolir Jonas, e este esteve três dias e três noites. Do fundo das entranhas do peixe, Jonas fez uma prece, clamou ao Senhor, que o escutou e ordenou para que o peixe o vomitasse na praia". Sabemos que seria impossível qualquer ser humano sobreviver três dias e três noites no interior de um peixe nas profundezas do mar. Seria esse peixe um OSNI?
• No passado encontramos alguns registros de milagres religiosos, que alguns pesquisadores propõem estarem associados à UFOs. Um exemplo é a Obra pertencente à Capela de São Nicolás de Bari, de 1437, executada por Fra Angélico. Nesta pintura vemos o santo aproximar-se de um navio a ponto de naufragar, no interior de uma esfera resplandescente. Pode tratar-se, naturalmente, de uma simples interpretação dos poderes do santos, do ponto de vista religioso e artístico. Mas, alguns ufólogos propõem que também poderia tratar-se de um UFO.

7 comentários:

Edson disse...

éns, excelente pesquisa.Acredito piamente nisso!!!

Misterios da Humanidade disse...

Obrigado Edson....pelo comentario.

The Supernaturalz disse...

Muito Master cara
eu sou pirado nessas coisas

Eduardo disse...

Muito bom mesmo cara, valeu a pena ler tudo isso, eu gosto dessas coisas de outros mundos!!!
Abraço cara!

Anônimo disse...

cara é muito interessante, porém, tem q se ter muito cuidado porque estamos falando em religião.

francisco cavalcante disse...

Toda religião está fundamentada numa política que procura corromper a verdade,manipulando as pessoas atravéz de sua própria fé.Os lideres religiosos morrem de medo que o povo descubra a grande ilusão que lhes foi imposta,pois não querem perder os privilégios que seus títulos tem lhes concedido atraves dos séculos amém.No entanto está escrito:conhecereis a verdade e verdade vos libertará.

Bassmart disse...

Eu realmente leio a bíblia e tudo que vc diz tem fundamento, muito boa essa matéria, pois no linguajar daquele povo o ufo seria relatado dessa maneira, os relatos tem lógica na maneira que vc denota pra gente, é de arrepiar cara, parabens, abraços Paulo Bass.